MadeTecnologia

MadeTecnologia

Leitura: 2 minutos

O piso industrial pode ser adquirido em diversas versões, que irão variar de acordo com as necessidades do ambiente em que será aplicado. A linguagem para aplicativos mobile não é um revestimento, mas também pode ser encontrada em diferentes especificações. 

Mas afinal, você sabe o que realmente é a linguagem de programação? Resumidamente, ela consiste em método padronizado, que é composto por regras sintáticas e semânticas de implementação de um código fonte. 

Atualmente, elas podem ser encontradas em uma gama de opções. Pensando em te ajudar a escolher a melhor para o seu app mobile, separamos algumas informações primordiais sobre as principais. Continue acompanhando esse post e saiba mais! 

1. Java e JavaScript

É difícil pensar na decoração de uma área de refeição em um acampamento sem imaginar a utilização da mesa rústica de madeira no ambiente do mesmo jeito que é difícil falar sobre linguagem para aplicativos mobile sem citar o Java e o JavaScript. 

Em suma, a primeira tecnologia se destaca por apresentar uma linguagem escalável, oferecendo sistemas ágeis e gratuitos. Enquanto isso, o segundo é uma otimização do primeiro, permitindo criar estruturas interativas e dinâmicas, como as das redes sociais. 

2. C e suas expansões

Assim como o Java, que por sinal foi inspirado na versão em destaque nesse tópico, a  linguagem para aplicativos mobile C também tem algumas variáveis, o que faz com que ela seja capaz de se adequar e criar diferentes estruturas. 

Expondo algumas das principais características das subcategorias da linguagem C, é possível citar que o C# é ideal para sistemas da Microsoft, o que inclui os apps para Windows Phone, o Objective-C é uma plataforma para apps IOS e OS X e a C++ se destaca por sua alta performance, destinado para apps mais complexos. 

3. Swift

Não dá para instalar um forno elétrico de embutir em um espaço incompatível, fazendo com que seja necessário desenvolver um projeto otimizado para dispô-lo. Bem, todos que conhecem os aparelhos da Apple sabem que eles não são semelhantes a nenhum outro sistema, requerendo alguns recursos exclusivos para garantir o seu desempenho. 

A linguagem para aplicativos mobile Swift foi desenvolvida pela própria empresa para garantir estruturas mais consistentes e intuitivas para a criação de apps para iOS, Mac, Apple TV e Apple Watch. Disponível há pouco tempo, ela pode ser agregada a um código Objective-C. 

4. Python

Há mais de 30 anos no mercado, mas ganhando um espaço significativo nos últimos tempos, a linguagem Python costuma ser empregada em apps de alto nível, bem como em aplicações críticas, ou seja, aquelas que requerem recursos otimizados para garantir bons resultados. 

Caracterizada por sua sintaxe clara, intuitiva e simples, que se assemelha muito com a língua inglesa, código aberto e recurso multiplataforma, ela vem sendo empregada por novos e antigos desenvolvedores de aplicativos.

Não só isso, o modelo vem ganhando muito espaço na indústria 4.0, sendo o responsável por criações de tecnologias mais avançadas, como a inteligência artificial (AI), o Machine Learning, o Big Data e até mesmo aparelhos robóticos, como os robôs colaborativos. 

5. HTML5

Considerada a mais recente evolução do tradicional HTML, o HTML5 oferece alguns elementos e atributos para estruturar e exibir conteúdos na web ao mesmo tempo que assegura um bom suporte para aplicativos multimídias, com flexibilidade tanto para Android quanto para iOS. 

Gostou do nosso post sobre qual a melhor linguagem para aplicativos mobile? Então compartilhe com os colegas e deixe o seu comentário!

Esse‌ ‌artigo‌ ‌foi‌ ‌escrito‌ ‌por‌ ‌Larissa Rhouse,‌ ‌Criadora‌ ‌de‌ ‌Conteúdo‌ ‌do‌ ‌‌Soluções‌ ‌Industriais‌.

Compartilhe

O que podemos fazer
pelo seu negócio?