MadeMarketing

MadeMarketing

Leitura: 3 minutos

Mesmo que muitas pessoas não saibam, é possível e seguro aplicar um piso industrial em uma área residencial, especialmente o de epóxi autonivelante. Destacamos isso para ficar mais fácil compreender que mesmo que poucos tenham ouvido falar sobre o WordPress, ele faz parte do dia a dia de basicamente todos os conectados na internet. 

Quer saber como isso é possível e ainda conseguir algumas dicas para fazer uma estratégia eficaz no WordPress? Continue acompanhando esse artigo e saiba mais informações sobre a plataforma. 

O que é o WordPress? 

Baseado na linguagem PHP (Hypertext Preprocessor) e MySQL, e com licença de software GPLv2, o WordPress é um dos mais otimizados sistemas de gerenciamento de conteúdo (CMS) do mundo, o que explica o fato de representar cerca de 41% de todos os sites disponíveis na internet. 

Esse dado foi apresentado no site da própria plataforma, que disponibiliza mais de 50 mil plugins para a criação de páginas na web personalizadas. Além desse elevado número, ela ainda oferece um repertório de plugins, que permite que um desenvolvedor utilize e disponibilize a sua própria criação. 

Entretanto, antes de iniciar a programação do site, é fundamental que você tome uma decisão importante, que envolverá as suas necessidades e o valor que deseja investir: alocar o site no WordPress.com ou no WordPress.org. Para te ajudar nessa escolha, pense em um pequeno comércio que precisa adquirir um equipamento para gelar bebidas. 

Obviamente, a demanda não será tão grande a ponto de precisar de um refrigerador de quatro portas, e sim um balcão refrigerado pequeno. Escolher a melhor versão do WordPress segue essa mesma linha. O .com, por exemplo, é ideal para pequenas empresas, que desejam atestar o nome no mercado, e para profissionais em início de carreira criarem portfólios. 

Por outro lado, o .org assegura muitos mais benefícios. Podendo ser hospedado em servidores brasileiros, o que assegura suporte técnico facilitado em casos de quedas, ele permite criar conteúdos diferenciados, gerenciar bibliotecas, vender anúncios, disponibilizar sessões para e-commerce e fazer mensuração de resultados.

Como fazer uma estratégia eficaz na plataforma? 

Uma das coisas mais importantes a se levar em consideração quando falamos do WordPress é que ele já vem programado com um checklist de SEO, sigla em inglês para referenciar a “otimização para mecanismos de buscas”, fazendo com que seja possível ajustar com mais precisão e facilidade os conteúdos. 

No entanto, antes de começar a criar uma estratégia, existem algumas etapas que devem ser cumpridas. Um jeito fácil de entender isso é pensando que ninguém nunca irá comprar um forno elétrico de embutir sem conhecer as necessidades básicas de produção e muito menos estudar o espaço disponível para instalação. 

Sendo assim, uma estratégia eficaz começa com a identificação do público-alvo e de seus hábitos de consumo. Durante o pré-projeto, você também precisa identificar e definir as palavras-chaves e a ideia geral, ou seja, qual dúvida do cliente você deseja solucionar, que irão servir como o tema principal do seu conteúdo e gerar mais relevância. 

É importante ressaltar que o WordPress orienta que absolutamente todos os conteúdos sejam compostos por imagem de capa, título, meta-description, subtítulos, 300 ou mais palavras, links internos e externos, bem como as seguintes técnicas de legibilidade: 

  • Voz ativa e passiva; 
  • Palavras de transição;
  • Facilidade de leitura Flesch;
  • Variedade de frases consecutivas;
  • Tamanho de frases (máximo indicado: 20 palavras);
  • Tamanho de parágrafos (máximo indicado: entre 3 a 5 linhas); 
  • Distribuição de subtítulos (não ter tópicos com mais de 200 palavras). 

Por permitir modificações nas linhas de HTML, o WordPress garante que posts personalizados, taxonomias e metadados também possam ser utilizados. No entanto, esse recurso é facilitado na versão .org e deve ser explorado por um programador especializado. 

Gostou do nosso post sobre WordPress: O que é e como fazer uma estratégia eficaz? Então compartilhe com os colegas e deixe o seu comentário!

Esse‌ ‌artigo‌ ‌foi‌ ‌escrito‌ ‌por‌ ‌Larissa Rhouse,‌ ‌Criadora‌ ‌de‌ ‌Conteúdo‌ ‌do‌ ‌‌Soluções‌ ‌Industriais‌.

Compartilhe

O que podemos fazer
pelo seu negócio?